Aproveitando melhor os parques de Orlando: Disney’s Animal Kingdom

Eu queria ter terminado de falar dos parques de Orlando antes da temporada de julho, mas não rolou. Na verdade, trabalhei até a véspera da viagem e não tive tempo. Mas, já que é “antes tarde do que mais tarde ainda”, vou continuar e as dicas desse post, sobre o Disney’s Animal Kingdom, valem para qualquer época do ano.

Eu sou suspeito, pois eu gosto (de verdade) de todos os parques, mas ainda fico espantado quando ouço alguém falar que não gosta do Epcot ou do Animal Kingdom. Mas acho que não há nenhuma dúvida de que os dois são os parques menos populares entre o público mais jovem. Esse ano, por exemplo, eu tive uma passageira que já conhecia os parques de Orlando e que, quando eu falei que o parque do dia seguinte era o Animal Kingdom, soltou um “Ai! Eu odeio esse parque!”, mas espero que odeie um pouco menos, agora.

Nessa postagem, meu objetivo é fazer com que você aproveite ao máximo o parque e que tenha uma experiência prazerosa ou, pelo menos, menos sofrida.

Foto: Fernando Andrade

Os animais são as principais estrelas do Disney’s Animal Kingdom

Assim como nos outros parques da Disney, no Animal Kingdom você também tem direito a agendar três atrações para pegar uma fila menor, através do FastPass+. Essas atrações podem ser brinquedos ou espetáculos. Vou dar duas sugestões “A” (baixa temporada, com poucas filas) e “B” (alta temporada, com muitas filas). Lembrando, obviamente, que você pode não conseguir agendar as principais atrações, se deixar para fazer isso perto da data da sua visita.

Foto: Fernando Andrade

Atração mais popular do parque, a montanha-russa Expedition Everest é uma das primeiras a ter o FastPass+ esgotado.

A – Se você for em uma época do ano em que as filas não estejam tão grandes assim, eu agendaria dois espetáculos e uma atração, para garantir um lugar melhor nos shows. Minha sugestão é que você agende um FastPass+ para a montanha-russa Expedition Everest, atração mais popular do parque, e ou outros dois para o “Festival of the Lion King” e “Finding Nemo – The Musical”.

Foto: Fernando Andrade

Usar o FastPass+ pode garantir um bom lugar no espetáculo Finding Nemo – The Musical (Procurando Nemo – O Musical).

B – Indo em uma temporada com muito movimento e, consequentemente, muita fila, eu agendaria o Festival of The Lion King, além de Expedition Everest e Kali River Rapids (no verão e períodos mais quentes) ou Dinosaur (inverno e períodos mais frios).

Foto: Fernando Andrade

Por molhar, o Kali River Rapids é popular e tem longas filas na temporada de verão, mas não é tão procurado nas épocas mais frias.

Dito isso, vou ressaltar que você, com ou sem FastPass+ para os shows, deve programar o seu dia de acordo com os horários em que pretender assistir cada espetáculo. Por isso, é difícil que eu tenha como passar uma ordem ideal.

Encontrando os animais acordados

O que eu posso dizer é que você deve entrar no parque o mais cedo possível (assim que ele abrir) e seguir direto para o Kilimanjaro Safaris. Essa é a única atração em que vou te passar uma ordem. O motivo é bem simples e não é a falta de fila. A falta de fila, na verdade, seria o motivo óbvio para qualquer atração, mas o do safari tem mais um. Na Flórida faz muito calor, então a chance de você ver mais bichos é maior durante os períodos mais frescos, logo pela manhã. Mas eu não posso ir à noite, depois que esfriar? Na maior parte do ano, o Animal Kingdom fecha relativamente cedo.

Foto: Fernando Andrade

Muitos animais procuram sombras e locais frescos, então quem vai ao Kilimanjaro Safaris nos horários mais quentes corre o risco de não ver muita coisa.

Bom, já que eu falei da primeira atração que você tem que fazer, vou dar a sugestão da última também. Eu sei que eu disse que aquela seria a única, mas se você não quisesse dicas, não teria vindo aqui. Quando estiver pensando em sair do parque, vá ao It’s Tough To Be a Bug. O 3D (ou 4D) do filme “Vida de Inseto” é bem legal e fica dentro da Árvore da Vida, o ícone do parque. Além do filme ser divertido, é legal ver os bichos esculpidos na árvore. “Mas, Nando, se é legal, por que fazer por último?” Porque já tem uns anos que eu não enfrento filas por lá, nem na temporada de julho, a mais cheia.

O Animal Kingdom só tem uma montanha-russa?

Mais umas dicas? Para quem gosta de atrações mais radicais (para o padrão Disney), vale conferir a Primeval Whirl. É uma montanha-russa que fica perto do Dinosaur e do Restaurantosaurus, na Dinoland USA. Na verdade, ela fica dentro de uma área com atrações de parques estilo “carnival”, que ainda conta com joguinhos. Também tem um passeio de triceratopes, no estilo Dumbo (Magic Kingdom).

No dia da publicação desse post, pelo que eu conferi, a Primeval Whirl se encontra fechada para melhorias, mas, quando você estiver por lá, não custa checar.

Com Dug e Russel, personagens de Up - Altas Aventuras

Com Dug e Russel, personagens de Up – Altas Aventuras

Para tirar fotos, além de personagens clássicos, como Pateta, Pluto, Tigrão e Ursinho Pooh, você tem personagens do filme Up!

Outra coisa que é bacana, para quem gosta de animais, é observar as diversas espécies que estão por lá: tigres, leões, elefantes, rinocerontes, gorilas, etc. Além do Kilimanjaro Safaris, dá para fazer uma trilha e ver os bichos.

Bom, espero que você curta!

One comment

  • sonia reis trindade

    como sempre, dicas ótimas e úteis para quem vai viajar e que3r aproveitar bem tempo e local. PARABÉNS!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.