Brightline: Trem de Miami para Orlando

De repente, todo mundo ficou interessado no tal trem que vai ligar Miami a Orlando, o Brightline.

A notícia nem chega a ser tão nova assim. Na verdade, a maior novidade é que, na semana passada, no dia 9 de novembro, eles anunciaram o nome “Brightline”. Até então, se não me engano, só falavam o nome do projeto: All Aboard Florida.

Os modernos trens da Brightline farão o percurso entre Miami e Orlando em três horas. (Imagem: All Aboard Florida/Brightline)

Os modernos trens da Brightline farão o percurso entre Miami e Orlando em três horas. (Imagem: All Aboard Florida/Brightline)

O trajeto entre Miami e Orlando vai ter 375 km, com cerca de três horas de viagem e quatro estações: Miami, Fort Lauderdale, West Palm Beach e Orlando. Na verdade, isso quer dizer que a linha vai ligar a cidade de Orlando, na região central da Flórida, às três principais cidades do sul do estado. Vale ressaltar, ainda, que Miami e Fort Lauderdale são dois dos principais aeroportos da Flórida e contam com voos vindos do Brasil.

A estação de Fort Lauderdale será uma das paradas da Brightline. O aeroporto da cidade recebe voos diretos do Brasil. (Imagem: All Aboard Florida/Brightline)

A estação de Fort Lauderdale será uma das paradas da Brightline. O aeroporto da cidade recebe voos diretos do Brasil. (Imagem: All Aboard Florida/Brightline)

As opções de parada, obviamente, levaram em conta o potencial turístico e econômico das quatro cidades.

Fort Lauderdale é um lugar belíssimo, com suas praias e canais, além do Sawgrass Mills, que ainda vai ser assunto de postagem aqui do blog. Fort Lauderdale, por sinal, é chamada de Veneza Americana. West Palm Beach é uma cidade bem desenvolvida, com belas praias e que atrai muitos turistas. Mas, apesar disso, eu vou focar no trecho que eu acho que interessa mais a nós, brasileiros.

Cidade com fortes atrativos turísticos e potencial econômico, West Palm Beach também vai ganhar uma estação da Brightline. (Imagem: All Aboard Florida/Brightline)

Cidade com fortes atrativos turísticos e potencial econômico, West Palm Beach também vai ganhar uma estação da Brightline. (Imagem: All Aboard Florida/Brightline)

As cerca de três horas, segundo a empresa que vai operar essa linha, seria o equivalente ao tempo que passageiro levaria de avião, se levar em conta, além do voo, o período pré-embarque, como check-in, passar pela segurança, esperar para embarcar e esperar para decolar, e o período pós-voo, como esperar para desembarcar e pegar bagagens.

Eu já fiz esse trajeto algumas vezes de carro e ônibus, levando, aproximadamente, quatro horas entre Miami e Orlando. A vantagem, nesses casos, é que fomos direto do aeroporto de Miami para o nosso hotel, já que, no caso do ônibus, eu estava trabalhando como guia e o ônibus é fretado.

Maior das estações da Brightline, Miami Central vai receber, ainda, edifícios residenciais de escritórios e comerciais. (Imagem: All Aboard Florida/Brightline)

Maior das estações da Brightline, Miami Central vai receber, ainda, edifícios residenciais de escritórios e comerciais. (Imagem: All Aboard Florida/Brightline)

Apesar da confusão que muitos têm feito, os trens da Brightline, apesar de rápidos, não são trens-balas. Para instalar um serviço desse tipo seria necessária uma estrutura bem diferente, como, por exemplo, uma rede elétrica destinada somente a isso. Mas, ainda assim, o trem, segundo a empresa, será bem moderno e “proporcionará conforto e os atrativos muito valorizados atualmente, como opções convenientes de reserva, assentos espaçosos e reservados, Wi-fi gratuito a bordo, variedade de alimentos e bebidas a bordo e nas estações e facilidade de conexão com outros transportes locais”.

Orlando será o destino final para os turistas que procurarem os famosos parques da Disney e da Universal. (Imagem: All Aboard Florida/Brightline)

Orlando será o destino final para os turistas que procurarem os famosos parques da Disney e da Universal. (Imagem: All Aboard Florida/Brightline)

Mas eu não dirijo nem estou de excursão! Enquanto não fica pronto, só me resta pegar um avião?

O Brightline só começa a operar em meados de 2017 e nem os preços de passagens e pacotes foram divulgados ainda.

Mas, enquanto isso, tem algumas empresas de ônibus que fazem a linha entre Orlando e Miami. A mais famosa delas é a Megabus, que possui linhas rodando nos Estados Unidos inteiro. Através do site deles, você consegue comprar suas passagens com uma certa antecedência. Vale ressaltar que a antecedência também pode significar passagens mais baratas.

Eu nunca utilizei esse serviço, então não posso dizer se é bom ou ruim, mas é uma opção. De qualquer maneira, eu fiz uma simulação, para ver os preços e o tempo de viagem.

Comprando na véspera, a passagem de Miami para Orlando fica em US$ 21,00. Entretanto, como vocês podem ver na imagem abaixo, comprando com antecedência, é possível reservar seu assento por US$ 5,00, nada muito caro, já que, pelo que andei lendo, os ônibus são bem confortáveis e possuem WiFi.

Fonte: Site do Megabus

Fonte: Site do Megabus

A viagem, entretanto, pode ser bem demorada. Algumas rotas levam pouco mais de quatro horas, como indo de carro, mas outras levam mais de oito. Enfim, você que tem que saber se vale a pena, eu só queria mostrar que a opção existe.

Obrigado à assessoria de comunicação da Brightline que me cedeu as imagens para usar no post. Para mais informações sobre o futuro serviço de trem, acesse http://www.gobrightline.com/

Se quiser ficar por dentro de tudo que ando fazendo e por onde estou andando, é só me seguir nas redes sociais!
Fernando Andando no Facebook
Fernando Andando no Instagram
Fernando Andando no Youtube
Fernando Andando no Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.